DICAS DE AVES


PARA TIRAR CHEIRO DE FRANGO
Junte uma colher (de sopa) de vinagre no tempero para o frango ficar sem aquele cheiro característico.
Pode-se usar vinagre também na louça utilizada para preparar o frango, bem como na pia.
FRANGO FRITO
O frango frito fica dourado e sequinho, sem grudar na panela, se você colocar uma colher de sopa de maisena no óleo de fritura bem quente.
COMO COZINHAR FRANGO CAIPIRA MAIS RÁPIDO
Para que o frango ou galinha caipira cozinhem mais rápido, basta adicionar meio copo de cerveja clara ao cozimento.
DESFIAR FRANGO
Basta levar os peitos de frango para cozinhar em água, com os temperos que mais gostar.
Quando estiverem cozidos, desligue o fogo e deixe-os ali, envoltos no caldo quente.
Com a ajuda de um garfo, pesque um dos pedaços e deite-o num prato ou tábua de carne. Como ainda está quente e macio, tudo fica mais fácil.
Espete a carne com um garfo e, com os préstimos de outro garfo, vá puxando as fibras aos bocados. Repita a operação quantas vezes for necessário.
PEITO DE FRANGO MACIO
Ponha para ferver um bom caldo de legumes (com sal). Quando estiver fervendo coloque o peito inteiro sem pele e sem osso. Desligue o fogo 1 minuto depois e deixe-o no caldo mais dois minutos.
FRANGO Á PASSARINHA
Ao preparar o frango a passarinho, coloque uma colher de sopa de amido de milho no óleo de fritura bem quente. Assim o frango vai ficar dourado e bem sequinho, sem grudar na panela.
COMO CORTAR FRANGO EM PEDAÇOS
A divisão tradicional obtém de 13 a 15 pedaços:
1 - Lave o frango, por fora e por dentro, esfregando-o com meio limão para tirar parte do cheiro da ave. Coloque-o sobre uma tábua. Comece pelas asas. Corte-as, com uma faca afiada, buscando a articulação que prende as coxas da asa às costelas. Separe as coxinhas das asas propriamente ditas, cortando-as na articulação.
2 - Faça o mesmo com as coxas, cortando juntas, numa peça só, a coxa e a sobrecoxa. A melhor forma de encontrar as articulações é movendo a peça de carne e cortando na direção indicada pelo movimento.
3 - Após separar as coxas da carcaça, separe os dois pedaços: coxa e sobrecoxa, cortando na articulação que separa os dois pedaços.
4 - Corte a carcaça em dois, separando o peito. Corte sobre o osso das costelas. Não é difícil, se usar uma faca afiada. Continue o corte até separar em duas partes.
5 - Divida o peito. Tradicionalmente, ele tem 3 pedaços: o peito propriamente dito, a ponta do peito e o "jogo". A ponta do peito é o pedaço triangular na extremidade da peça. Procure o lugar onde termina o osso e começa uma cartilagem e corte.
6 - Para separar o jogo, procure cortar, primeiro, com a faca a 90 graus e, depois virá-la, de forma a contornar o osso do peito.
7 - Separe o curanchim e as costelas, cortando com a faca bem no meio entre os dois pedaços. A faca afiada, outra vez repetimos, é garantia de um corte fácil.
8 - Limpe o curanchim, retirando a glândula que fica na pontinha do mesmo. Separe em dois pedaços o curanchim e as costelas, se quiser, partindo-as ao meio, no sentido longitudinal.
COXAS DE FRANGO
Para preparar coxas de frangos ou drummets de forma simples, basta passá-las em clara de ovos e depois em pó para creme de cebolas, que pode ser encontrado em qualquer mercado e cobri-las com azeite. Unte uma travessa com manteiga ou azeite, arrume os pedaços e leve ao forno até dourar. Vire e aguarde dourar do outro lado também.
www.jailzaalcantara@ig.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO

O PODER DE CURA DO ALHO