Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2011

VIAGRA

Imagem
Sildenafil: fabricado pela Pfizer, este medicamento tornou-se disponível recentemente em todo o mundo pelo nome comercial de Viagra, transformando-se rapidamente em um fenômeno mercadológico, cultural, médico e econômico.
É um tablete tomado em forma oral, cerca de 30 minutos a uma hora antes do ato sexual.
Existem três dosagens: 25, 50 e 100 mg, e a potência e duração do efeito são proporcionais à dosagem. A ereção precisa ocorrer (excitação sexual), e o medicamento ajuda a mantê-la em cerca de 60 a 80 % dos casos, mesmo quando a causa é psicogênica.
O efeito pode durar entre uma a três horas, em média. O citrato de sildenafil age especificmente sobre uma enzima que provoca o relaxamento do sistema vascular de esvaziamento dos corpos cavernosos, inibindo-a.
Não existem efeitos adversos significativos, mas o tratamento é ainda caro (o único perigo relatado é a combinação do sildenafil com drogas vasodilatadoras baseadas em nitritos, usadas por pacientes cardíacos).
Existe alguma preocupaçã…

ADOTAR UM ANIMAL ABANDONADO É AMIZADE GARANTIDA

Imagem
O histórico dos animais que vão para adoção geralmente é de abandono e maus-tratos, por isso, oferecer-lhes um lar pode ser um gesto de amor. Mas antes de pegar o bicho na rua e levar para casa, o ideal é que ele venha de um abrigo sério. "Os riscos de se contrair raiva e outras doenças através dos animais de rua é muito grande" avisa o veterinário César Olímpio.
A diretora da entidade Bicho Feliz, Gislane Brandão, diz que os animais adotados tendem a ser mais carinhosos. "Eles ficam agradecidos por ganharem um lar" disse. Ainda assim, há quem rejeite os bichos por serem velhos ou sem raça definida. "O caso da idade é interessante porque assim como as pessoas, os animais também sofrem preconceito por serem idosos", lembra Gislene.
A aposentada Helena Gouveia adotou a cadela Bibi quando ela tinha 6 anos. "Hoje ela tem 12 anos e é uma ótima companhia", conta.

FONTE: Jornal Massa.

LUGAR DE CRIANÇA É NA SUA PROPRIA CAMA

Imagem
A psicopedagoga Karyne Contreiras não deixa dúvida: lugar de criança dormir é na sua própria cama. Para a especialista, o costume dos filhos de dormir com os pais estaá ligado á rotina agitada da família. " Hoje, tanto o pai quanto a mãe trabalham o dia todo. Quando chegam em casa querem compensar a ausência e deixam que o filho durma na mesma cama que eles.
No momento em que os filhos passam a dormir com os pais, além de tirarem a privacidade do casal, eles começam a achar que podem fazer tudo o que bem querem e entendem.
A psicopedagoga diz que dormir é um aprendizado. "A educação doméstica é muito importante para a criança, já que vai refletir na vida adulta", alerta.
A autônoma Meire Ferreira, 37 anos, é uma dessas mães que apesar de admitir o erro continua a praticá-lo com sua filha de três anos.
"Fico o dia todo na rua e quando chego em casa quero aproveitar todos os momentos com ela", conta.
A especialista acredita que esse comportamento acontece com os, pri…