CUIDADOS COM A PISCINA




ALGAS OU ÁGUA VERDE TURVA
DESCRIÇÃO: Cor verde ou marrom espalhando-se pelas paredes, escurecendo as juntas dos azulejos, às vezes turvando ou esverdeando a água.
CAUSA PROVÁVEL: Desenvolvimento de algas, devido a ausência ou insuficiência de cloro.
SOLUÇÃO : Oxidação de choque com POOL-TRAT Cloro Granulado Genco e escovação das paredes para a penetração do cloro.
PREVENÇÃO: Mantenha o residual de cloro sempre de 2 a 4 ppm.
Cheiro forte de cloro
DESCRIÇÃO: Irritação dos olhos e cheiro irritante de cloro; reclamação de “muito cloro” na água.
CAUSA PROVÁVEL: Cloro insuficiente para oxidar contaminações; formação de cloro combinado (cloraminas) pela reação do cloro livre com urina, suor etc.
SOLUÇÃO: Oxidação de choque com o Oxidante OXIGENCO Granulado.
PREVENÇÃO: Mantenha residual de cloro livre sempre de 2 a 4 ppm e repita a oxidação de choque semanalmente.
IRRITAÇÃODOS OLHOS E DA PELE
DESCRIÇÃO: Os olhos ficam vermelhos e a pele coça.
CAUSA PROVÁVEL: a) pH inadequado. b) Cloraminas (veja item 2 acima).
SOLUÇÃO: Analise o pH e corrija-o com pH+MAIS ou pH-MENOS.
PREVENÇÃO: Mantenha o pH entre 7,4 e 7,6.
Agua colorida e transparente
DESCRIÇÃO: Água amarela ou marrom; preta; verde azulada (quando tratada com cloro).
CAUSA PROVÁVEL: Presença de ferro, manganês ou cobre.
SOLUÇÃO/PREVENÇÃO: Utilize o Inibidor de Manchas e Incrustações GENQUEST, seguindo as instruções da embalagem.
Incrustações coloridas nas juntas e outras superfucies submersas
DESCRIÇÃO: Manchas escuras, azuladas, esverdeadas ou marrom, às vezes pretas.
CAUSA PROVÁVEL: a) Excesso de algicida de cobre na água.
b) pH inadequado.
c) Aplicação de algicida de cobre e hipoclorito (cloro) simultaneamente.
SOLUÇÃO:
1a – Utilize o Inibidor de Manchas e Incrustações GENQUEST, seguindo as instruções da embalagem.
2a – Use o Algicida e Algistático GENPOOL que não contém cobre.
PREVENÇÃO: 1b – Analise o pH e corrija-o com pH+MAIS ou pH-MENOS.2b – Mantenha o pH entre 7,4 e 7,6
1c – Utilize o Inibidor de Manchas e Incrustações GENQUEST, seguindo as instruções da embalagem.2c – Observe intervalo de 12 horas entre a aplicação de POOL-TRAT Cloro Granulado(*) e algicida à base de cobre ou use o Algicida e Algistático GENPOOL que não contém cobre.
AGUA TURVA
DESCRIÇÃO: Água esverdeada; não se enxerga o fundo, mesmo após oxidação de choque, ou com residual adequado de cloro.
CAUSA PROVÁVEL: Filtração insuficiente; par-tículas em suspensão; resíduos de sulfato de alumínio na água.
SOLUÇÃO: 1– Retrolave o filtro e aplique o Clarificante e Auxiliar de Filtração , seguindo as instruções da embalagem. Filtre por 24 horas e retrolave o filtro. Repita se necessário.
PREVENÇÃO: Nunca utilize sulfato de alumínio.
GORDURA NA SUPERFÍCIE DA ÁGUA
DESCRIÇÃO: Gordura se espalha pela su-perfície da água e pelas pa-redes acima da superfície.
CAUSA PROVÁVEL: Bronzeadores e/ou fuligem.
SOLUÇÃO: Oxidação de choque com o Oxidante OXIGENCO Granulado e limpeza das bordas com BORDA-LIMPA.
PREVENÇÃO: Oxidação de choque semanal com o Oxidante OXIGENCO Granulado.
ESPUMA NA ÁGUA
DESCRIÇÃO: Superfície apresenta bolhas.
CAUSA PROVÁVEL: a) Acúmulo de material or-gânico devido à falta de cloro.
b) Excesso de algicidas à base de quaternários de amônio.
c) Uso de limpa-bordas com alta espumação.
SOLUÇÃO: Oxidação de choque com o Oxidante OXIGENCO Granulado.Mantenha residual de cloro livre sempre de 2 a 4 ppm e repita a oxidação de choque semanalmente.Espere a espuma diminuir espontaneamente (alguns dias).
PREVENÇÃO: Use POOL-TRAT Algicida de Ma-nutenção Genco (*) que não espuma.Use o Limpa-Bordas BORDA LIMPA que apresenta baixa formação de espuma.
PRESENÇA DE ANIMAIS MORTOS NA PISCINA
DESCRIÇÃO: Animais pequenos são en-contrados mortos na água da piscina.
CAUSA PROVÁVEL:
SOLUÇÃO: Oxidação de choque imediata com residual de 50 ppm de POOL-TRAT Cloro Granulado Genco(*) ou GENCLOR Granulado.
PREVENÇÃO:
PRESENÇA DE LARVAS E INSETOS NA PISCINA
DESCRIÇÃO: Larvas e insetos são encon-trados na água da piscina.
CAUSA PROVÁVEL: Ausência ou insuficiência de cloro.
SOLUÇÃO: Oxidação de choque com POOL-TRAT Cloro Granulado Genco ou com GENCLOR Granulado e escovação das paredes para a penetração do cloro.
PREVENÇÃO: Mantenha o residual de cloro sempre de 2 a 4 ppm.
INFECÇÕES DIVERSAS
DESCRIÇÃO: Ocorrência de micoses na pele, conjuntivites, otites, pés-de-atleta etc.
CAUSA PROVÁVEL: Presença de microorganis-mos na água devido a au-sência ou insuficiência de cloro.
SOLUÇÃO: Oxidação de choque com residual de 50 ppm de POOL-TRAT Cloro Granulado Genco(*) ou GENCLOR Granulado.
PREVENÇÃO: Mantenha o residual de cloro sempre de 2 a 4 ppm.
AUSENÇIA FREQUENTE DE RESIDUAL DE CLORO
DESCRIÇÃO: Análise revela sempre residual baixo ou inexistente.
CAUSA PROVÁVEL: a) Piscina não estabilizada exposta ao sol perde seu residual de cloro rapidamente pela ação da luz U.V.b)Demanda de cloro não atendida.
SOLUÇÃO: Estabilização com o Estabilizante de Cloro STABILCLOR.Fazer oxidação de choque inicial.
PREVENÇÃO: Estabilização com o Estabilizante de Cloro STABILCLOR.Adicionar diariamentecloro suficiente para manter o residual de cloro de 2 a 4 ppm.
(*)Observe intervalo de pelo menos 12 horas entre a aplicação de POOL-TRAT Cloro Granulado Genco ou GENCLOR Granulado e POOL-TRAT Algicida
Fonte: www.martho.com.br
CORROSÃO DOS METAIS
DESCRIÇÃO: Metais submersos mostram sinais de corrosão e causam manchas nas paredes ou
SOLUÇÃO: Utilize o Inibidor de Manchas e Incrustações , seguindo as instruções da embalagem.
PREVENÇÃO: Ajuste e mantenha o pH na faixa ideal (7,4 - 7,6) e a alcalinidade total entre 80 e 120 ppm.
dão cor à água.
CAUSA PROVÁVEL: pH baixo.
SEGURANÇA
Piscina não é sinônimo apenas de diversão, mas também de perigo. Para evitar acidentes, ao planejá-la você deve ter em mente algumas medidas básicas de segurança.
Especificação: atenção para a especificação do revestimento cerâmico para borda e interior da piscina. Utilize revestimentos Eliane classificação LE para borda (deck) e LP para o interior da piscina.
Escada: a escada tipo marinheiro é obrigatória para profundidades iguais ou superiores a 0,50 m. Porém, esse tipo de escada não é adequada a pessoas idosas pois dificulta a saída da piscina. A solução fica por conta de uma escada submersa, construída em alvenaria, que tanto garante a entrada e a saída de todos os usuários como também serve de banco para descanso. Construída como um acesso lateral ela não compromete a profundidade e permite a prática de natação ou outros esportes.
Crianças: para evitar a construção de uma piscina rasa para crianças - que acaba perdendo a utilidade quando elas crescem, uma das soluções adotadas é o declive acentuado, com a profundidade variando entre 0,5 m - do lado infantil – até 1,5 m (ou mais), na parte dos adultos.
Trampolim: só é adequado para piscinas com profundidade superior a 3,5 m, o mínimo necessário para amortecer o salto. Alturas menores podem levar ao risco de acidentes sérios. A mesma preocupação você deve ter com os escorregadores e tobogãs. Usados pelas crianças eles devem ser integralmente fiscalizados pelos pais. É importante que apenas uma pessoa de cada vez utilize o brinquedo, pois ocorrem com freqüência acidentes quando uma criança, ou mesmo um adulto, cai sobre o outro, acertando-lhe, com os pés, a nuca ou os dentes.
Capas de proteção: para garantir maior segurança às crianças, convém cobrir ou resguardar a piscina com capas de dupla função: impedir a queda de pessoas e, ao mesmo tempo, o depósito de sujeira. Nos meses de inverno, quando é pouco usada, recomenda-se proteger a piscina para manter preservada sua integridade e a dos equipamentos.
Iluminação: quando realizar o projeto de iluminação interna da piscina, outra maneira de evitar acidentes é empregar instalações de menor voltagem. O ideal são equipamentos de 12 volts, com luminárias blindadas e que disponham de fio terra.
fonte: Eliane
A IMPERMEABILIZAÇÃO
Feita a concretagem instale todos os acessórios como escadas metálicas, iluminação, esgoto, janela de observação etc. O próximo passo é a impermeabilização. Garanta a construção de uma estrutura sem falhas para receber a impermeabilização.A Eliane Argamassas oferece uma membrana impermeabilizante que é muito fácil de aplicar e permite o assentamento de revestimentos cerâmicos sobre a mesma.
COMO IMPERMEABILIZAR PISCINA ENTERRADA
1º Dia:
Chapisco com BIANCO
Traço: 1 parte cimento
2 partes areia
amolentar com a solução:
1 parte BIANCO
2 partes água, até se obter a consistência desejada
Reboco com VEDACIT com 1cm de espessura deixando os cantos arrecondados.
Traço:
1 parte cimento
3 partes areia
1kg VEDACIT para cada 50kg cimento
2º Dia:
Repetir as mesmas operações.
3º Dia:
Repetir as mesmas operações.
Após feito este procedimento, aplicar o VEDAJÁ, com broxa ou trincha, em 2 a 4 demãos cruzadas. Obedecer intervalo de, aproximadamente, 6 horas entre as demãos.
COMO IMPERMEABILIZAR PISCINA ELEVADA
Existem duas formas, são elas:
* A superfície deve estar limpa e seca. Chapiscar com cimento: areia (1:2) e amolentar a mistura com BIANCO: água (1:2) até se obter a consistência desejada.
Regularizar com cimento: areia (1:3), adicionar 2 litros de VEDACIT/ saco de cimento (50kg), deixando os cantos arredondados na horizontal e vertical.
Após a secagem da regularização, aplicar o PRIMER MANTA VEDACIT. A manta aplicada pode ser colocada entre 4 a 6 horas após a aplicação do primer.
Colocar tela de plástico ou metálica, tipo galinheiro, transpassando à partir das bordas superiores da piscina.
Executar chapisco com cimento: areia (1:2) e amolentar com BIANCO: água (1:2) até ficar na consistência desejada.
Aplicar argamassa de regularização com cimento: areia (1:3)
Assentar o azulejo com argamassa colante.
ou
* A superfície deve estar limpa e seca. Chapiscar com cimento: areia (1:2) e amolentar a mistura com BIANCO: água (1:2) até se obter a consistência desejada.
Regularizar com cimento: areia (1:3), adicionar 2 litros de VEDACIT/ saco de cimento (50kg), deixando os cantos arredondados na horizontal e vertical.
Sobre a regularização, aplicar 2 demãos do VEDATOP e argamassa 72 horas antes de aplicar o VEDATOP FLEX.
VEDATOP FLEX é aplicado com trincha ou broxa, em 3 a 4 demãos cruzadas, na quantidade suficiente para se atingir o consumo de 3,0kg/m². Obedecer intervalo de 5 a 7 horas entre as demãos.
Colocar tela de plástico ou metálica, tipo galinheiro, transpassando à partir das bordas superiores da piscina.
Executar chapisco com cimento: areia (1:2) e amolentar com
BIANCO: água (1:2) até ficar na consistência desejada.
Aplicar argamassa de regularização com cimento: areia (1:3)
Assentar o azulejo com argamassa colante.fonte:Vedacit
Manual de Assentamento de Revestimentos Cerâmicos: Piscinas
Uma piscina é formada basicamente por um piso e uma parede ambos revestidos com placas cerâmicas, submetidos à exposição atmosférica, à pressão hidrostática da água, e a variações impostas de umidade quando forem aquecidas.
As condições de uso e de conservação de uma piscina são muito rigorosos.


Postagens mais visitadas deste blog

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

O PODER DE CURA DO ALHO

DICAS DE CONGELAMENTO