COMO DEFENDER O SEU CASAMENTO


Todas as mulheres sonham em ser felizes para sempre ao lado do homem amado não é ? Mas, apesar do amor, a relação pode passar por algumas crises. A rotina, as brigas e até mesmo a inveja de outras pessoas complicam a situação.è por essas e outras que uma bela união acaba chegando ao fim.
Não acredita? Veja o exemplo de Sílvia, a personagem de Débora Bloch em Caminho das ìndias. depois de um longo casamento, a relação dela com Raul (Alexandre Borges) estava pássando por um momento difícil. Não faltava amor, mas entendimento.
A coisa piorou quando a "amiga", Yvone (Letícia Sabatella), chegou para se hospedar na casa de Sílvia. Sem que ela percebesse, Yvone envenenou o amor entre os dois - e o pior: roubou o marido de Sílvia!
SER FELIZ É POSSÍVEL
Mark O'Connell, autor de O Melhor da Vida a Dois (ed. Prumo), explica que é possível, sim, ter um casamento duradouro e feliz. "O casal tem de reforçar os aspectos positivos da relação e minimizar os negativos", ensina o psicoterapeuta.
Veja as maiores ameaças para um casamento feliz e descubra como combatê-las.
01 - TER UMA AMIGA-DA-ONÇA
O comportamento de sua "amiga" revela se há risco de ela virar amante do seu marido. Previna-se disso reconhecendo os tipos mais comuns de amiga-da-onça:
- CAMALEOA
Quer tudo que voçê tem inclusive seu marido. Usa a mesma tintura que voçê, compra roupas na mesma loja e, na surdina, vai copiando seus gostos, perguntando coisas como: "Que cheiro bom! Trocou de perfume?".
- VELA
Não se incomoda em sair a três, mesmo quando é convidado só por educação.
- SONHADORA
Vive dizendo o quanto voçê e seu marido formam um casal perfeito e confessa que adoraria ter um marido assim.
- DO CONTRA
É o oposto da sonhadora: não perdoa nenhum defeito do seu marido. Essa atitude pode ser um truque para disfarçar o que ela sente por ele.
02 - LIDAR COM A TRAIÇÃO
Muitas mulheres sentem o mundo desabar quando descobrem uma traição. Se voçê está passando por isso, ponha para fora a dor e a raiva. " Converse com ele e descubra os motivos que levaram a trair voçê", sugere a terapeuta de casais Nira Lopes Acquaviva. Só assim voçê poderá decidir se o perdoa ou não.
03 -ELE SER UM HOMEM MUITO FECHADO
Ao contrário das mulheres, os homens não sentem necessidade de fazer confidências sobre a própria vida. Se voçê quer que ele se abra mais, aprenda a puxar assunto.
Em vez de dizer "Como foi seu dia ?", vá direto ao assunto: "Conseguiu terminar aquele projeto complicado ?".
04 - DISCUTIR POR QUALQUER MOTIVO
Qual é o motivo de tanta briga? Se voçê acha que ele não é como voçê gostaria, reflita. Quer forçá-lo a se encaixar no seu modelo de "homem perfeito" não vai melhorar a relação. Em vez disso, converse com seu parceiro e diga quais comportamento dele irritam voçê.
05 - TER UM SALÁRIO MELHOR DO QUE O DELE
Muitos homens não conseguem aceitar essa situação. É preciso ter tato para lidar com isso. Deixe-o á vontade para falar das insatisfações. Essa conversa deve acontecer em um momento tranquilo, nunca no calor de uma descussão. Seja cuidadosa, para não humilhá-lo.
06 - DEIXAR A RELAÇÃO CAIR NA ROTINA
A rotina surge com a falta de criatividade e a monotonia do dia-a-dia. Para driblar o marasmo, surpreenda seu parceiro de vez em quando. Isso mostra o quanto voçê está comprometida com o sucesso do relacionamento. Inventar programas apenas para voçês é uma boa maneira de reacender a chama da paixão.
07 - SENTIR INDIFERENÇA PELO OUTRO
Engana-se quem acha que casamento sem brigas é sempre uma união feliz. Todo casal tem problemas, e as discussões mostram que há interesse em tornar a relação melhor. Elas são a prova de que voçês não desistiram da união. Mas fique atenta: as brigas não devem ser usadas para agredir, mas para resolver o problema.
08 - TER A SOGRA COMO UMA INIMIGA
Há mães que não aceitam perder o filho para outra mulher. Se esse é o caso da sua sogra, não brigue. Ignore as ofensas, sorria e saia de cena. Seja superior! E, em vez de falar mal da mãe dele, diga a seu parceiro como voçê se sente ao ser ofendida.
Mostre que voçê não está sendo implicante e que torce por uma convivência pacífica.
09 - NÃO SENTIR MAIS APETITE SEXUAL
"Passar muitos anos ao lado da mesma pessoa não precisa ser sinônimo de sexo intenso o tempo todo", diz a psicóloga norte-americana Tracey Cox, autora do livro Consultório Sexual (ed. Matrix). Por outro lado, se o casal não se cuidar, a atração diminui mesmo. Então, inove. Que tal esquentar a relação com um jogo sensual e ousado?
10 - VIVER SÓ PARA O TRABALHO
È comum os casais se afastarem pelo excesso de trabalho de um deles(ou dos dois!). "Em geral, o problema não está na quantidade de tempo em si, mas em sentir-se em segundo plano na vida do outro", alerta a terapeuta William J. Doherty, autor de Resgate seu Casamento (ed.Verus).Que tal ser sincera e dizer ao seu parceiro que voçê quer namorar mais ?
11 - SER CIUMENTA AO EXTREMO
"O ciumento nunca acredita na outra pessoa, mesmo que ela consiga provar que as suspeitas saõ fantasiosas", explica o psicoterapeuta Eduardo Ferreira-Santos, autor do livro Ciúme, O Lado Amargo do Amor(ed.Ágora). Amelho maneira de acabar com isso é controlar a tentação de dorminar o outro. Se seu ciúme está fora do controle, procure um psicólogo.
FONTE: Revista Ana Maria.

Postagens mais visitadas deste blog

O PODER DE CURA DO ALHO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO