NÃO PERMITA QUE ROUBEM SUA ENERGIA


Sempre tem alguém que tenta nos influenciar: são os vampiros, que existem no trabalho, nas amizades e até na família. Nessas horas, escute seu sexto sentido e dê um chega pra lá na negatividade. Apaz só depende de voçê.
Existem situações em que nós, infelizmente, nos deixamos levar pelo outro. Assumimos a responsabilidade por terceiros e nossos centros de força passam a trabalhar para eles. Chamo esse fenômeno de vampirismo. Voçê não imagina como isso é péssimo para sua evolução. Voçê fica estagnada e se anula, abastecendo o outro com a sua energia. É possível, sim, ir contra essa influencia. Como sempre digo, deixar-se influenciar depende somente de sua postura, atitude e modo de encarar a vida. Porque não existe essa história de vítima. Ninguém vai sugar sua energia se voçê não deixar. O vampiro só existe se a pessoa for "vampirizável".
Preste atenção. Cada vez que voçê se depara com um vampiro, seu sistema sente e dar um sinal de alerta. E ele tem a capacidade de expulsar essas interferências. Então, assuma seu sextto sentido para dar um chega pra lá na negatividade. Só assim voçê conquistará a paz e chegará aonde quer. Mas prepare-se, pois existem várias versões de vampiros, que podem entre os amigos, no trabalho ou mesmo na família.Aé voçê pode se identificar com um deles. Olha só:
VAMPIRO COBRADOR - Ele já chega cobrando, antes de cumprimentar: "Pôxa, voçê nem me telefonou!". E, se voçê é cobrável, começa a se desculpar e acaba sob o domínio dele. Cede de primeira e ele rapidinho a coloca na condição de devedora.
Pronto, é o suficinte para a aura dele engatar na sua. Resultado: bata e uma sensação de fraquesa, perda de energia. chega a dar tontura. E como cortar essa influência? Reagindo! Não dê atenção ás cobranças. A defesa é questão de posse. A melhor tática para lidar com vampiro é encará-lo e falar a verdade, ainda que seja deselegante.
VAMPIRO CRÍTICO - É todo questionador: " Mas voçe vai sair assim?, "Menina, como voçê fez aquilo?. Ele critica, e voçê, para agradar, se justifica, permitindo que ele seja seu juiz. É impressionante, qualquer crítica nos afeta!
Não queremos que pensem mal da gente, e isso é uma dificuldade de se impor. Pense: "Tenho minha visão e é ela que vale. O que o outro pensa não importa". Assuma e se banque já, para que o outro não roube se entusiasmo.
E tem mais vampiro, viu?
FONTE: Revista Ana Maria.

Postagens mais visitadas deste blog

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO

O PODER DE CURA DO ALHO