FRUTAS EXOTICAS

Pitaia

Conhecida como fruta-do-dragão, é nativa da América do Sul. Sua polpa, gelatinosa, protege a mucosa gástrica. Ela também é rica em vitaminas A e C. Mas não deve ser consumida em grande quantidade, pois as sementes - não são removíveis - têm poder laxativo. Adocicada, vai bem como suco e geleia. 

Kino

Por fora, tem aspecto espinhoso. Por dentro, textura que lembra o maracujá tradicional. É rico em vitamina C, importante para o sistema imunológico, mas o ponto alto está relacionado à obesidade: por conter muita fibra, há estudos que indicam o uso para redução de apetite. O sabor é agridoce. 

Cherimoia

Parecida com a fruta-do-conde, tem polpa cremosa e doce e sementes escuras, que não devem ser ingeridas. O sabor lembra uma mistura de banana, abacaxi, mamão, pêssego e morango - o tutti frutti clássico. Essa fruta encontrada em países sul-americanos fornece vitamina A e muitas fibras. 

Granadilho

Fruta típica da América do Sul, equivale a um coquetel do bem: contém vitamina A; fitoquímicos, que agem na redução do colesterol; e uma quantidade significativa de fibras solúveis, importantes no controle do diabetes. Embora tenha pouca polpa, as sementes são comestíveis. 

Abiu

Originária da região amazônica, ela é rica em vitamina A, cálcio e fósforo. A polpa, bem carnuda, tem sabor doce com fundo azedinho. É consumida somente in natura. Vale observar que, entre a casca e a polpa, há um látex que não deve ser ingerido. Do caroço, extrai-se um óleo com anti-inflamatório. 

Longan

De origem asiática, lembra a lichia na aparência e na textura. O sabor, no entanto, é mais parecido com o do melão. O barato dessa fruta é ser rica em ferro e vitamina C, o que a torna eficaz contra a anemia. Como a vitamina C turbina a absorção do ferro pelo organismo, a longan vale por duas! Pode ser apreciada in natura e como suco. 

Tamarillo

Fruta tropical nativa dos Andes, lembra um tomate, o que a faz ser conhecida também como tomate japonês ou tomate de árvore. Com sabor agridoce, pode ser consumida in natura, em sucos, geleias e até em molho chutney para carnes. É rica em vitamina A e contém fitoesteróis, poderosos no controle do colesterol. 

Cambuci

Encontrada principalmente no estado de São Paulo, é pequena, com polpa bem fibrosa e poucas sementes. Como a maioria das frutas ácidas, é rica em vitaminas A e C. Versátil, pode virar sorvete, suco, geleia, doce em calda e também aromatizar bebidas alcoólicas, como licores e cachaças. 

Buriti-miriti

Da sua polpa é possível fazer bebidas e mingau. É rica em vitamina A, cálcio, fósforo e ácidos graxos que combatem o envelhecimento. Fica uma delícia também em forma de sorvete, doce, creme e licor.

Camu-camu

Dentre os frutos pouco conhecidos, o camu-camu é um dos mais poderosos. Típico da Amazônia, ele tem o maior teor de vitamina C do mundo entre as frutas. Já é exportado para o Japão, entre outros países. É considerado um bom tira-gosto e isca para peixe. 
Fisális

CARACTERÍSTICAS: ela é pequena e amarelada. A fruta – que é envolvida por uma fina película semelhante a uma folha – possui ainda sabor doce e levemente ácido.
BAGAGEM NUTRICIONAL: fonte de vitaminas A, C, fósforo e ferro. “Também contém fisalinas, que possuem atividade supressora do sistema imune, como os corticoides”, descreve Milena Botelho, pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-BA).
VALOR CALÓRICO: 50 kcal/100 g .
TRUQUE DE MESTRE: pode ser consumida ao natural ou usada em doces e molhos. Devido ao seu custo alto e pouca disponibilidade, a dica é utilizá-la como geleia.
Jenipapo

CARACTERÍSTICAS: maior. Sua polpa é doce e ácida.
BAGAGEM NUTRICIONAL: fornece cálcio e vitaminas C e do complexo B. Por ser fonte de ferro, é recomendada contra a anemia. Além disso, facilita a digestão e melhora a circulação sanguínea e problemas renais.
VALOR CALÓRICO: 90 kcal / 100 g.
TRUQUE DE MESTRE: “Sua polpa tem cheiro forte e é comestível. Entretanto, não é muito comum o jenipapo ser consumido ao natural. Prefira prepará-lo na forma de compota, doces e xarope”,sugere Isabella Correia.
Cupuaçu

CARACTERÍSTICAS: fruto amazonense de sabor azedinho. Sua polpa é protegida por uma espécie de cabaça. 
BAGAGEM NUTRICIONAL: riquíssimo em vitaminas do complexo B, ele ajuda a driblar a fadiga. Fornece ainda vitaminas A e C, que possuem efeito anti-inflamatório.
VALOR CALÓRICO: 72 kcal/100 g .
TRUQUE DE MESTRE: invista na polpa congelada se a intenção for utilizar o cupuaçu como suco. Isso ajuda a ganhar praticidade no dia a dia.
Atemoia

CARACTERÍSTICAS: é “prima” da fruta-do-conde. Sua polpa é branca, cremosa e docinha.
BAGAGEM NUTRICIONAL: “Por ser fonte de fósforo, ela equilibra o pH do sangue e participa do metabolismo ósseo. Já a vitamina C é antioxidante e ajuda na formação do colágeno”, orienta Patrícia Fan, mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
VALOR CALÓRICO: 100 kcal/ 100g.
TRUQUE DE MESTRE: cai muito bem no preparo de musses, pudins e sorvetes.
Romã

CARACTERÍSTICAS: Oriente Médio, ela possui cada semente envolta por uma polpa suculenta.
BAGAGEM NUTRICIONAL: fibras, magnésio, ferro, potássio, vitaminas C e do complexo B. A fruta é rica em antioxidantes e tem ação anti-inflamatória. “Pesquisas da Universidade Riverside, da Califórnia, revelaram que seu suco pode inibir a metástase no câncer de próstata”, diz Greice Caroline Baggio, nutricionista de Bento Gonçalves (RS).
VALOR CALÓRICO: 56 kcal/ 100g
TRUQUE DE MESTRE: uma forma prática de incorporar a romã no cardápio é usá-la como chá ou em saladas
Sapoti

CARACTERÍSTICAS: nativo da América Central, seu fruto é marrom e carnudo. É comum no Nordeste do País.
BAGAGEM NUTRICIONAL: é rico em vitaminas B, C, A e minerais como ferro, cálcio, magnésio e fósforo. “Fortalece os ossos por ser fonte de cálcio. Já suas sementes têm propriedades diuréticas”, acrescenta Isabella Correia, nutricionista da Clínica Patrícia Davidson (RJ).
VALOR CALÓRICO: 100 kcal/ 100 g.
TRUQUE DE MESTRE: deve ser consumida bem madura, quando seu sabor fica adocicado.
Fruta-pão

CARACTERÍSTICAS: grande e redonda. “A fruta recebe este nome por substituir o pão nas regiões pobres do País. Ela é aferventada e servida com manteiga”, explica Liz Elaine Sowek.
BAGAGEM NUTRICIONAL: dispõe de fósforo, cálcio e potássio. Sua semente abriga uma proteína chamada frutalina. Segundo um estudo da Universidade de Fortaleza (Unifor), ela tem efeito gastroprotetor e pode prevenir úlceras.
VALOR CALÓRICO: 67 kcal / 100 g.
TRUQUE DE MESTRE: pode ser consumida cozida, assada ou transformada em farinha. “Uma dica é utilizá-la como substituta do aipim na receita de bobó de camarão”, sugere a nutricionista Liz
Siriguela

CARACTERÍSTICAS: típica do cerrado e da caatinga, possui sabor adocicado.
BAGAGEM NUTRICIONAL: contém cálcio, magnésio, fósforo, ferro, potássio, assim como vitamina C.“Ela previne o envelhecimento precoce e protege contra infecções. Há ainda fibras, que são importantes ao funcionamento intestinal”, pontua Greice.
VALOR CALÓRICO: 76 kcal/100 g.
TRUQUE DE MESTRE: consuma preferencialmente a fruta in natura ou como ingrediente de sucos funcionais. A siriguela também pode ser preparada como geleia.

kiwano
O melão com chifres (Cucumis metuliferus), também chamado pepino chifrudo africano ou kiwano, é uma videira anual da família do pepino e melão. O fruto desta planta é comestível, mas é utilizado com frequência para decoração como para o alimento. Quando maduro, tem uma pele amarelo-laranja com uma polpa verde limão gelatinosa. O melão com chifres é nativo da África, e é agora cultivado na Califórnia, Chile, Austrália e Nova Zelândia também.




FRUTAS STAR
A carambola é uma fruta tropical que está ganhando popularidade nos Estados Unidos. Esta fruta adquiriu o seu nome de estrela devido à sua forma pontiaguda  com cinco lados que atravessam o meio da fruta. Tem uma mistura de sabores que inclui ameixas, abacaxis e limões.






RAMBUTAN
Rambutan em malaio, indonésio e filipino significa literalmente 'cabeludo', causada pelo "cabelo" que abrange este fruto. No exterior é magenta com verdes pernas cabeludas sobre ele. Do lado de fora você não tem ideia do que esperar do lado de dentro. Dentro tem aparência clara e pegajosa. É muito aguado e tem uma semente grande no centro.





ACKEE
A fruta foi importada para a Jamaica da África Ocidental (provavelmente em um navio negreiro) antes de 1778. Desde então, tornou-se uma das principais características das várias cozinhas do Caribe, e é também cultivada em áreas tropicais e subtropicais no resto do mundo. O fruto do ackee não é comestível em sua totalidade. Apenas o interior, arilo carnudo amarelo são consumidos. É extremamente 
venenoso no centro, se você comer a parte vermelha.



Magosteen
Também chamado mangkut, é considerada a" rainha das frutas tailandesas" com sua elegante, segmentada polpa branca dentro de uma casca grossa grande e roxa. Eles crescem no sul do país e duram apenas alguns meses do ano, principalmente a partir de maio a setembro.






Maos de Buda
Tem uma estranha aparência, com segmentos parecidos com dedos verde amarelado ou segmentos anexados a uma base. Sua casca de limão, grossa e miolo (a parte branca) é muitas vezes cristalizada em um delicioso e delicado citros, infundido com os espíritos ou feitas em licores. No entanto, a pequena quantidade de polpa no interior é muito azeda e raramente utilizada na alimentação humana. A Mão de Buda e de outros membros da família Citron também são apreciados por serem aromáticos e seu óleo usado em perfumes e por vezes mantidos em casas como desodorizante natural do ar. 
Durian
Também do sudeste asiático, o durian é uma das frutas símbolo da região e famosa por seu odor. Adorado por muitos e considerado “o rei das frutas” o durian foi banido de aeroportos, estações de trem e hotéis por causa de seu intenso mau cheiro, parecido com carne podre, esgoto e algumas outras coisas desagradáveis.
Quem consegue superar a barreira do odor, garante que é recompensado com um sabor delicioso, lembrando uma mistura de creme aromatizado com amêndoas.
A fruta tem presença marcante na cultura de alguns países asiáticos e é consumida normalmente no dia-a-dia, influenciando até a arquitetura de construções e monumentos.
 Fonte: revistavivasaude.uol.conm.br, mdemulher.abril.com.br e minilua.com

Postagens mais visitadas deste blog

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO

O PODER DE CURA DO ALHO