COMO PREPARAR UM BOM CHURRASCO

Tempo de fogo em braseiro forte:

Picanha mal passada = 5/6min
Picanha ao ponto = 8/10 min
Picanha bem passada = 14/16min
Fraldinha ao ponto = 15/18 min
Maminha inteira = 20/22 min
Costelinha de porco = 15/18min
Lingüiça de porco = 15/20 min
Tempo de fogo em braseiro médio:

Coxa e sobrecoxa de frango = 25/30min
Peito de frango = 20/25 min
Galeto = 15/20 min
Coraçãozinho = 10/15 min
Pimentão e cebola = 15 min

Corte as carnes sempre no sentido contrário aos das fibras, para que fiquem macias. Use sempre sal grosso para temperar a carne. Não utilize salmoura, a água muda o PH da carne e, juntamente com o sal fino, enrijece as fibras e endurece a carne.
Prepare o fogo cuidadosamente, de maneira a poder ter uma boa camada de brasas. Disto depende o sucesso da preparação. A camada deve ter a mesma largura da grelha e boa espessura.
Não utilize uma grelha que não seja de aço inoxidável. Deve ser de divisões cilíndricas bem finas.
Tempero:

Para as carnes bovinas, é um só: o sal grosso e nada mais. Ele deve ser passado por todos os lados da peça que será assada.
Esquente perfeitamente a grelha antes de usá-la e cuide para que, sobre as brasas, apareça uma leve camada de cinzas que dará um cozimento perfeito.


Não unte nunca a carne antes de grelhá-la, a menos que tenha sido colocada numa marinada especial com ervas aromáticas. Neste caso, escorra-a muito bem. Os peixes de qualquer tipo devem ser untados, evitando assim que a pela grude na grelha, rompendo-se.
Tenha sempre a mão uma pinça dupla achatada ou uma espátula. Não use garfo em caso nenhum. Espetando a carne ou o peixe fará sair seu liquido ou o sangue, endurecendo-os.


Cozinhe a carne no calor das brasas e nunca diretamente sobre a chama. Se começar a fumegar, não interrompa o cozimento. Receita recomendada: Não colocar absolutamente nada que não seja sal e fumaça.
Se aparecer chama sobre as brasas, desloque imediatamente o alimento que está sendo preparado.

Não tempere com sal ou pimenta-do-reino durante o cozimento. Faça-o somente quando tudo estiver servido nos pratos.
Um bom truque para fazer fogo em churrasqueira: embeba um pãozinho do tipo francês em álcool e coloque-o sobre a lenha ou carvão. Jogue um fósforo aceso e pronto.


Outro truque: pegue uma folha dupla de jornal, dobre até ficar da altura de uma garrafa de cerveja. Enrole o jornal na garrafa, coloque-os no centro da churrasqueira, coloque carvão em volta formando uma pirâmide, retire a garrafa de cerveja, mantendo o túnel de jornal. Ascenda o jornal e pronto.


No início da churrascada, deixe a carne bem junto ao fogo, mas só o tempo suficiente para chamuscar de leve. Isso bloqueia o pedaço de carne e conserva os sucos naturais em seu interior.
Salpique folhas de alecrim sobre o carvão da churrasqueira, ele dará um sabor especial à sua carne.


Amarre ramos de alecrim para pincelar assados.
Para tirar o cheiro forte de churrasco que invade toda a casa, coloque uma esponja embebida em vinagre, perto da churrasqueira.
Para acender churrasqueiras e lareiras, pode-se usar cascas secas de batatas.

Tanto a picanha como a maminha são servidas ao ponto e cortadas em fatias não muito grossas quando assadas em peças. A espessura deve ser de 3 cm. A camada de gordura tem de estar uniforme em ambos os casos, e os nervos e peles removidos antes de salgar.

Aves, peixes, carnes bovinas, bufalinas, suínas, ovinas... Em geral, as chamadas 'carnes brancas' são usadas como entrada por serem mais leves e boas para abrir o apetite.


A fraldinha, uma carne muito suculenta. Mas tome cuidado com ela pois pode ficar muito crua por dentro e passar do ponto rapidamente, ficando seca. Escolha sempre fraldinhas grandes e gordas. A gordura não deve ser comida.


O miolo de alcatra, o contrafilé e a bisteca com osso são peças espessas e por isso mesmo ficam melhor quando cortadas em postas de 3 cm.
Cuidado ao salgar as carnes. Se nas peças inteiras o sal grosso deve ser à vontade, nas carnes em postas deve ser usado com atenção.

Para desossar o leitão, o corte deve ser feito apenas na barriga, a desossa deve iniciar do pescoço em direção às costelas, depois as paletas, lombo e quartos (a cabeça não é utilizada). Depois de desossado, o peso do animal, que é de cerca de 22 quilos, cai para 14 quilos, o suficiente para 30 pessoas.

LingüiçaAs lingüiças do tipo calabresa e toscana são ideais para serem preparadas no churrasco, ambas podem ser assadas tanto na grelha quanto em espetos. Ficam prontas em cerca de 15 minutos, por isso são indicadas para abrir o churrasco enquanto assam as carnes mais demoradas.


FrangoEscolha os pedaços de sua preferência e tempere-os com vinho branco seco, limão, pimenta do reino e sal a gosto. Monte a grelha a uma altura de 15cm a 20cm e asse de acordo com a sua preferência. Um assado mais lento pode demorar cerca de 40 minutos ou, se preferir um assado mais rápido para que a carne fique mais crocante, posicione mais próximo ao calor e asse por 20 minutos.


Sempre lembrar:
 melhor sal a menos, que ainda dá para corrigir.
Tempero Churrasco Ingredientes:Alecrim, salsa, orégano, pimenta do reino, alho, sal e M.S.G. (monossódico glutamato).Mistura das especiarias mais indicadas para ressaltar todo o sabor dos churrascos, bifes e assados.


Sobre descongelamento: se a carne estiver congelada o ideal é deixar que descongele por 24 horas na geladeira para manter maciez e sabor da carne (evitar o descongelamento na temperatura ambiente, pois o choque térmico pode alterar as características da carne).
Churrasco de carne bovina (Picanha, Maminha, etc.) - prato suculento, muito saboroso e rústico, vai bem com um vinho tinto encorpado, jovem, frutado, com boa presença tânica como um Malbec argentino, um Shiraz australiano, um Côte-du-Rhône ou um bom Cabernet Sauvignon nacional.

Acompanhamentos para seu churrasco

Vinagrete: O vinagrete à brasileira é versátil nas mesas de churrasco: acompanha a carne, funciona como molho para a salada, combina com a lingüiça bem assada e até serve como recheio do pãozinho francês.- Farofa : aposte em uma farofa simples, com manteiga e cebola, por exemplo.- Saladas: Oferecer três tipos de salada é suficiente para um churrasco de médio porte. Não deixe faltar: um mix de folhas verdes; uma receita com carboidrato, como uma salada com batata, arroz ou massa; e uma terceira versão mais transada, combinando legumes crus ou cozidos, folhas, tomate, enfim, o que sua imaginação sugerir.

Pode-se também organizar uma mesa bufê de saladas simples, tipo agrião, cenoura ralada, alfaces, rabanetes, etc. C/ molheiras e molhos diversos.- Pratos quentes: dependendo do horário e do público alvo, principalmente se houver muitas crianças, é aconselhável incluir arroz, feijão, banana frita, e variações a seu gosto: arroz de carreteiro, pastelzinho, mandioca frita, polenta, até macarrão ao sugo. Tudo vai depender da estrutura que será colocada à disposição.- Para beber: A gélida cerveja ou para quem preferir, vinho tinto, sem preconceitos, um bom momento para popularizar a tão sagrada bebida.
Refrigerantes diet ou não.
Fonte: jailza alcantara

Postagens mais visitadas deste blog

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO

O PODER DE CURA DO ALHO