ACUMULO DE LIXO EM TODA HISTÓRIA DA HUMANIDADE


A montanha de lixo não para de crescer nas principais localidades do mundo. Essa situação alarmante é vista com extrema preocupação. Segundo a ONU, nas últimas três décadas a geração de lixo urbano aumentou três vezes mais rápido do que a população mundial. Isso significa que os sete bilhões de habitantes do planeta produziram 1,4 bilhão de toneladas de lixo.
A geração de lixo é maior nos 34 países mais ricos do mundo, entre eles estão as nações da União Europeia, Japão, Estados Unidos e Reino Unido. O Brasil ocupa o quinto lugar na lista dos maiores produtores de lixo, com 78 milhões de toneladas por ano.
Segundo os estudiosos do tema, o lixo sólido e os problemas causados por ele são resultado de uma sociedade consumista. Apenas na cidade de Nova Iorque são geradas 24,8 mil toneladas de resíduos por dia, enquanto em São Paulo são 18 mil toneladas.
A questão do lixo traz diversos impactos, principalmente no que diz respeito ao lixo eletrônico, formado por computadores, televisores e outros equipamentos eletrônicos descartados de forma irregular no meio ambiente.
Vale ressaltar que o lixo sempre esteve presente na história da humanidade. Na Mesopotâmia, por exemplo, o lixo era enterrado e, depois de um tempo, a matéria orgânica era desenterrada para ser utilizada como fertilizante nas plantações de cereais. Na Roma Antiga, o lixo também era enterrado.
Já na Revolução Industrial, surgiram no mundo os primeiros serviços de coleta de lixo. E foi no século XXI que a destinação dos resíduos passou a ser um tema central de discussão mundial.
Hoje, o consumo desenfreado aponta para a urgência de políticas de reciclagem e correta destinação do lixo para evitar problemas ambientais graves, como a contaminação de rios, lençóis freáticos, solo e outras fontes de recursos naturais.
Fonte: sitedecuriosidades.com

Postagens mais visitadas deste blog

O PODER DE CURA DO ALHO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO