COMO EVITAR MAL-ESTAR APÓS AS REFEIÇÕES

Queimação, mal-estar e náusea logo depois da refeição é sinal de que algo não “caiu” bem. “Mas é só mudar alguns hábitos à mesa para resolver o problema”, garante a nutróloga Liliane Oppermann, de São Paulo (SP), que faz a lista dos alimentos que devem ficar fora ou dentro do prato:

ATRAPALHAM A DIGESTÃO

Fritura, carne vermelha e ovo – sobrecarregam o estômago por serem ricos em gordura.

Frutas cítricas e tomate – a acidez causa dor especialmente em quem tem gastrite ou úlcera. Nesses casos, a saída é optar por frutas alcalinas, como uvas-passas e melão, e consumir tomate sempre com um fio de azeite.

Leite e derivados – o vilão é a lactose e quem tem intolerância a ela deve ficar com produtos à base de soja, arroz, quinoa e aveia.

Pimenta – por diminuir a pressão do músculo na parte inferior do esôfago, o tempero faz com que o ácido estomacal volte e cause refluxo.

Café – a cafeína estimula a acidez e, em excesso, impede a passagem dos alimentos do estômago para o esôfago.

Refrigerante – é outro que altera a acidez estomacal, o que ainda dificulta a absorção de vitaminas e minerais.

FACILITAM A DIGESTÃO

Banana – contém um amido que melhora o funcionamento do intestino.

Mamão – agiliza a digestão das proteínas.

Gengibre – no chá, suco, na sopa ou salada, ajuda na secreção gástrica, melhorando a queimação e a náusea.

Azeite – impede a formação de ácido gástrico e, consequentemente, previne azia.

Chá de hortelã, alecrim, cidreira ou camomila – têm ação digestiva quando ingeridos de30 a40 minutos após a refeição.

Couve – favorece a desintoxicação do aparelho digestivo.
Fonte:www.revistaanamariabraga.uol.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

DICAS DE CONGELAMENTO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

O PODER DE CURA DO ALHO