CURIOSIDADES SOBRE O DIA DOS NAMORADOS

Para os apaixonados, o Dia dos Namorados é uma data para as juras de amor e troca de presentes.  Para comerciantes, é uma oportunidade perfeita para aquecer as vendas e faturar em dobro. Mas nem sempre a celebração foi ligada ao comércio. A festividade tem raízes históricas na Roma antiga.

Há muitas versões sobre a origem da data, mas a mais conhecida é a de São Valentim. De acordo com a tradição, o dia 14 de fevereiro, data em que o dia dos namorados é comemorado em países como os Estados Unidos, relembra o aniversário de morte de São Valentim, mártir cristão que provavelmente viveu durante o século III.

Nesse período, o imperador romano Claudio II proibiu os casamentos, por acreditar que os homens solteiros e sem responsabilidades familiares eram melhores soldados e se alistariam no exército com mais facilidade.

Mesmo contra as ordens do imperador, o bispo Valentim continuou a celebrar casamentos em segredo. Quando a prática foi descoberta, Valentim foi preso e condenado à morte.
Enquanto estava preso, os casais jogavam flores e bilhetes dedicados a Valentim para mostrar que ainda acreditavam no amor. Na prisão, se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão.

Antes de morrer, escreveu uma mensagem de adeus para a amada e assinou “do seu Valentim”, criando aquilo que se tornaria o primeiro cartão de dia dos namorados. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270. Esta data foi oficializada em vários países como o Dia dos Namorados.

Veja mais curiosidades sobre a famosa data:

*A comemoração só passou a ser associada ao amor romântico na Idade Média, quando nasceu a tradição do amor cortesão.  A partir do século XV, a data passou a ser associada a trocas de presentes entre os amantes, que expressavam o seu sentimento através de flores, doces e cartões.

*No Brasil, a comemoração do Dia dos Namorados ocorre em 12 de junho e é atribuída ao publicitário João Dória. Em 1949, uma loja de departamentos paulista procurou Dória para aquecer as vendas no mês de junho, então um dos períodos menos lucrativos para o comércio. O publicitário sugeriu criar a data para reproduzir o mesmo efeito do Dia de São Valentim, celebrado em outros países, e assim incentivar a troca de presentes entre os “apaixonados”, estimulando as vendas. O publicitário justificou a escolha de 12 de junho por anteceder o Dia de Santo Antônio (13/06), que tem fama de casamenteiro.

*Durante a Idade Média, muitos acreditavam que 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta da amada.

*O dia é hoje muito associado com a troca mútua de mensagens de amor em forma de objetos simbólicos como corações e a figura de um cupido com asas.

*No Japão o Barentain Dee (Dia de São Valentim) tem duas comemorações: a primeira em 14 de fevereiro, quando as mulheres presenteiam amigos, namorados e afins com chocolates, e a segunda no dia 14 de março, é a vez de eles retribuírem.

*Calcula-se que um bilhão de cartões sejam enviados durante o Dia dos Namorados, perdendo apenas para as festividades natalinas.
Fonte:www.revistaanamariabraga.uol.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

DICAS DE CONGELAMENTO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

O PODER DE CURA DO ALHO