COMO UTILIZAR A SAUNA



TIPOS DE SAUNA
SAUNA A VAPOR
1) O teto da sauna a vapor deve ter uma inclinação igual a 10% do prolongamento.Ex.: prolongamento de 2.00m, inclinação igual a 20cm.
Essa inclinação é fundamental, pois quando o vapor condensar surgirão gotículas d’água no teto. Com a inclinação essas gotículas vão escorrer para a extremidade mais baixa do teto e não sobre a cabeça das pessoas, ou seja, acima dos bancos só haverá vapor.
2) Na sauna a vapor é importante que se faça um isolamento térmico com vermiculita. Esse material é um mineral com propriedades térmicas acústicas. Após a colocação da laja, reboque todas as paredes e teto com uma massa do cimento e vermiculita na seguinte proporção: 5 latas de vermiculita para cada lata de cimento. Adicione água até dar liga, faça um reboco com 2,5cm a 3.00cm de espessura, deixe secar por completo (2 a 3 dias), e só depois dê o acabamento escolhido.
3) As paredes da sauna a vapor podem ser revestidas com epoxi, azulejos, mármore ou até mesmo tinta látex, porém, o teto deve ser sempre liso, sem rejuntes de azulejos, para que não ocorra a presença de indesejáveis gotículas d’água. Já para o piso utilize materiais anti-derrapantes: borracha, ardósia, pedra mineira, cerâmica texturizada, etc...
4) Não esqueça de prever um ralo no interior do ambiente e outro próximo ao aparelho, caso este esteja instalado fora do recinto. É importante deixar dois pontos de água; um para alimentar o equipamento e um outro livre dentro do recinto. Só assim você poderá, sem sair para fora da sauna, encher um balde com água e derramar sobre sua cabeça.
5) A entrada de vapor da sauna deve ser um canto neutro, próxima à parede frontal aos bancos e num altura que pode variar entre 20cm e 30cm.Para obter a movimentação do vapor, faça um orifício de ¾” (para saunas residenciais), próximo ao teto, na parede que estiver atrás dos bancos ou na lateral próxima. O orifício deve ser feito em sentido diagonal em relação à entrada de vapor para que este movimente-se uniformemente ao longo da bancada.
6) Para a iluminação do recinto utilize luminárias blindadas e instale o interruptor fora o ambiente.
7) A porta deve ser impermeável, térmica, possuir visor transparente, e deve-se sempre abrir para fora do Ambiente.
SAUNA SECA
1) Após rebocar paredes e tetos com reboco comum, fixe sarrafos de 3x5cm na horizontal equidistante a cada 35cm no máximo. Use parafuso e bucha para fixação, depois preencha os vãos com lã de vidro com espessura de 2,5cm. Se o teto estiver alto, faça um forro rebaixado e isole-o também.
2) Faça o revestimento com madeira seca, podendo ser lambris de no mínimo 10mm de espessura. Dê preferência para o pinho finlandês (só importado), porém, você também pode utilizar o pinho chileno, cedro mogno ou cedrinho de boa qualidade.O importante é usar madeiras relativamente macias, de fácil respiração, e que possuam veios claros de largura não muito diferente dos veios escuros. Fixe os lambris com pregos não oxidantes e sem cabeça. O ponto ideal para bater os pregos é o macho do lambris, de fora para dentro, em diagonal e rebatido levemente para que penetre um pouco mais na madeira, assim, quando encaixar a fêmea do lambris, o prego ficará escondido e dará um acabamento perfeito.
3) Crie um rodapé em todo o recinto com 10cm de altura por 5cm de largura. Isso evitará que a madeira toque o chão, e você poderá lavar o piso sem molhá-la. Na sauna seca, o piso pode ser um simples cimento ou cerâmica, mas se preferir pode cobri-lo com um estrado de madeira, tomando sempre o cuidado de bater os pregos por baixo da estrutura para que esses não apareçam.
4) É importante não deixar quinas vivas nos bancos e fazer um acabamento nos cantos da sauna com cantoneira de madeira ou com corda. Toda a madeira utilizada na construção deve ser muito bem lixada para que todas as farpas sejam eliminadas. Jamais envernize ou aplique qualquer produto para a proteção da madeira. Basta ter capricho.
5) Faça uma cerca de proteção ao redor do forno. Para fornos elétricos ou a gás use cerco de madeira sempre a uma distância mínima de 10 a 20cm do forno. Para fornos à lenha/gás use tijolos refratários vazados de 5 a 10cm de distância do forno.
6) Na sauna seca é fundamental a construção de respiros para ventilar o forno, oxigenar o ambiente e distribuir o calor nos lugares certos. Faça uma abertura de 6cm x 14cm na parede onde ficará o forno, esta abertura deve ficar aproximadamente entre 10cm a 15cm do piso. O acabamento exterior desta abertura poderá ser feito com tela, gradil ou treliça de madeira. Na parede oposta onde normalmente ficam os bancos, faça em sentido diagonal à abertura inferior, uma outra abertura de mesmo tamanho distante 30cm o teto. Esta abertura superior deverá possuir em sua face interna uma portinhola de correr (pode ser de madeira), para que você controle todo o fluxo de ar do ambiente, já a sua face externa deverá receber o mesmo acabamento da abertura inferior.
7) No local destinado para o forno não deve haver madeira, isso pode causar um incêndio. Use placas refratárias nas paredes em volta do forno e no piso sob o mesmo. Se o aparelho possuir chaminé, o refratário das paredes deve acompanhar toda sua extensão. A chaminé deve sair de preferência pela parede, formando um ângulo de 45º.
8) A iluminação do ambiente deve ser sempre indireta e com lâmpadas de até 40 watts no máximo. Utilize luminária blindada e instale o interruptor fora do ambiente.
9) A porta de madeira com isolamento térmico deverá abrir sempre para fora do recinto e possuir visor transparente.
Fonte: Saunas Socalor
LENHA, GÁ OU ELÉTRICAS
Para sítios, chácaras, fazendas e para casas em geral, ou mesmo para aqueles que gostam de originalidade, uma sauna à lenha é uma ótima pedida, mas o gás também não é um mau negócio.
Para saunas profissionais que requerem economia, ou mesmo para aqueles que moram em apartamentos, o gás é o ideal.
Para hotéis ou motéis onde as saunas são individuais, em apartamentos onde o uso doméstico é de duas vezes por semana em média, ou para locais onde não haja espaço disponível para equipamentos maiores, recomenda-se saunas elétricas.
Fonte: Saunas Socalor
DIMENSSÕES
Para saunas residenciais pode-se optar por medidas convencionais, tais como:
1.50m x 2.00m (4 pessoas),2.00m x 2.00m (6 pessoas), 2.00m x 3.00m (9 pessoas).
Já para saunas públicas podemos começar por:
3.00m x 3.00m (12 pessoas),3.00m x 4.00m (15 pessoas),4.00m x 4.00m (18 pessoas), ou até medidas maiores.
Se você tem algum espaço disponível em sua residência, por exemplo, um banheiro, uma despensa ou algum quarto que não esteja sendo utilizado, pode aproveitá-lo e fazer ai a sua sauna.
Basta contratar um bom profissional (pedreiro ou marceneiro), e seguir as orientações do seu fabricante.
SAUNA EM MADEIRA
Quais produtos são indicados para revestimento em Saunas de alvenaria?
A sauna é um ambiente com umidade elevada e os produtos submetidos a esta condição devem ter baixo índice de expansão por umidade e, se forem esmaltados, devem possuir resistência ao gretamento.
Para ambientes de paredes a Eliane dispõe das linhas de Piscina e Fachadas que atendem com total segurança os ambientes com umidade constante, como as piscinas, ou expostos às condições do tempo, como as fachadas.
Ainda podemos recomendar o uso de Porcellanato que, por apresentar absorção de água praticamente nula, não possui expansão por umidade sendo também um produto ideal para este tipo de ambiente.
Nos pavimentos, ou seja, pisos destinados à sauna, recomenda-se o uso de produtos com coeficiente de atrito classe II (maior de 0,40), pois estas características vão permitir uma melhor resistência ao escorregamento e maior segurança ao caminhar.
POR QUE TIPO DE SAUNA VOÇÊ DEVE OPTAR?
A sauna seca gera um calor seco e é mais recomendada para o inverno.
A sauna a vapor possui propriedades hidratantes, e por isso, é recomendada para o verão.
Experimente as duas antes de construir a sua. Faça a opção que melhor lhe convier ou fique com ambas.

Postagens mais visitadas deste blog

DICAS DE CONGELAMENTO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

O PODER DE CURA DO ALHO