OS SEGREDOS DO CÔCO


O valor nutritivo do coco varia de acordo com seu estado de maturação, apresentando de maneira geral bom teor de sais minerais (Potássio, Sódio, Fósforo e Cloro), e fibras, importantes para o estímulo da atividade intestinal.
O coco realça o sabor dos alimentos, sendo excelente no preparo de bebidas, pratos doces e salgados, substituindo com vantagem nozes e amêndoas nos diferentes tipos de receitas.
O coco verde, encontrado em praias, possui maior quantidade de líquido que o maduro e tem polpa tenra, sendo muito apreciado como bebida e no preparo de cocadas moles.
Já o coco maduro é contra-indicado às pessoas com problema cardíaco e que tenham alta taxa de colesterol no sangue.
Para verificar se o coco maduro está em boas condiçõeos é suficiente bater com uma moeda na casca. Se ele estiver fresco, o som será estridente. Som oco indica que a fruta está estragada.
Devido ao seu conteúdo em sais de Potássio e Sódio, o coco é um alimento adequado contra arteriosclerose, para os nervos, cérebro e pulmões, além de ser um bom alimento para os diabéticos.
A água de coco, muito saborosa, é também ótimo remédio. Pode ser empregada como diurético, por ser inofensiva e rica em sais de Potássio. É também indicada nos casos de diarréia, vômitos ou mesmo desidratação. Tem grande eficácia nos casos de pressão alta, problemas cardíacos, cãimbras, fraqueza muscular, dores de cabeça e mal-estar. Ajuda também no crescimento infantil e no combate ao colesterol.
O coco pode ser conservado em geladeira de 15 dias e um mês.
Seu período de safra vai de janeiro a julho.
Cem gramas de coco maduro fornecem 266 calorias e 100 gramas de água de coco 22 calorias.
www.vitaminasecia.hpd.ig.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

O PODER DE CURA DO ALHO

COMO DESFIAR FRANGO CONGELADO NA PANELA DE PRESSÃO

DICAS DE CONGELAMENTO